4 erros ao usar o vale-alimentação que podem custar BEM caro

4 dicas para economizar no supermercado com a alta de preços!

– Tempo de leitura: 2 minutos –

Existem alguns erros que podem prejudicar o seu direito ao vale-alimentação e que você deve evitar, já que esse costuma ser um dos benefícios mais importantes para os trabalhadores. Além disso, é muito comum que seus proprietários o confundam com o vale-refeição, levando-os à ilegalidade por não saberem usá-lo da forma correta.

Vale-alimentação x vale-refeição

O vale-refeição é normalmente usado ​​durante o horário de trabalho para que os funcionários possam comer em restaurantes e lanchonetes. O vale-alimentação, por outro lado, tem como foco as compras em redes de supermercados, sendo mais completo e flexível para fazer despesas mensais.

Assim, por falta de conhecimento sobre o uso de ambos benefícios, muitas vezes pessoas pode causar problemas e, em alguns casos, até provocar a demissão por justa causa.

4 maneiras de invalidar o seu benefício

É necessário ficar atento ao que pode invalidar um benefício tão importante como o seu vale-alimentação. Às vezes são ações feitas com boa intenção ou por necessidade, mas isso não é correto e deve ser evitado pela sua segurança. Veja a seguir quais são os erros com o uso desse vale.

LEIA TAMBÉM: Costuma usar bancos online? Veja 4 erros graves que as pessoas cometem!

Emprestar para outras pessoas

Um dos erros mais cometidos pelos funcionários é permitir que alguém que não tem direito ao benefício o utilize. Isso pode resultar na suspensão do vale-refeição ou, se a empresa assim desejar, em punições ainda mais severas, como demissão.

Comprar itens que não são alimentícios

Para evitar cometer erros significativos, é importante também prestar atenção ao fazer as suas compras. Isso porque o benefício não pode ser utilizado para todo tipo de compra no mercado, como itens de limpeza e higiene pessoal. O uso deve ser restrito apenas para fins alimentícios.

LEIA MAIS: Vale-alimentação: 7 itens que você NÃO pode comprar com ele!

Comprar ração para o seu pet

Este é outro erro que muitos trabalhadores também cometem, aproveitando as rações que vendem em mercados. É importante evitar esse hábito, pois, como já mencionado, o benefício é para uso humano e não para consumo animal.

Vender o seu benefício

Essa prática é vista como perigosa para o beneficiário. Isso porque, conforme o Código Penal, ela pode resultar em punições ainda maiores para o empregado, por se tratar do crime de estelionato.

Se você curtiu esse tipo de conteúdo e está a fim de ler mais textos como esse, basta seguir navegando pelo Rotas de Viagem e descobrir a infinidade de conteúdos que temos por aqui!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *