Amazon Music agora é livre para clientes Amazon Prime Video

Ana Cláudia

Os assinantes do Amazon Prime Vídeo agora têm acesso livre para o streaming de música do grupo, o Amazon Music. Antes os assinantes podiam ouvir dois milhões de músicas presentes na plataforma, mas agora esse serviço foi ampliado: são mais de 100 milhões de músicas e nenhuma restrição aos outros conteúdos.

Quem já é cliente do Amazon Prime Video vai poder acessar podcasts de notícias como os da CNN e do The New York Times, sem propagandas ou custos adicionais. 

Amazon Music tem visual repaginado

O aplicativo do Amazon Music está passando por mudanças e terá um visual mais moderno, repaginado para atrair mais públicos. Ainda não há nenhuma amostra de como será a tela do app, mas a expectativa é que siga o mesmo caminho de renovo do Amazon Prime Video, que teve recentes ajustes e remodelagens no layout. 

Além disso, devem vir novidades na entrega de novas músicas. O algoritmo do aplicativo para descoberta de novos conteúdos será baseado no gosto do usuário. Também vai ser possível reproduzir o que quiser, mas tudo no modo aleatório. Há também a possibilidade fazer coleções de playlists, com a possibilidade de baixar para ouvir offline. 

Quem é Prime Vídeo poderá também experimentar mais coisas do Amazon Music Unlimited, vai poder consumir conteúdos com qualidade HD e Ultra HD. O streaming de músicas Amazon Music Unlimited custa R$ 16,90 por mês, mas pode ser usado gratuitamente como teste por 30 dias. 

Com as novidades, o aplicativo poderá concorrer com mais força com os seus similares Apple Music, Deezer, Spotify e outros. 

O vice-presidente do Amazon Music, Steve Boom, disse estar ansioso para que os clientes possam experimentar o catálogo de músicas e também da seleção de podcasts que eles oferecem. 

“Mal podemos esperar para que os membros Prime experimentem não apenas um catálogo expandido de músicas, mas também a maior seleção dos melhores podcasts sem anúncios em qualquer lugar e sem nenhum custo adicional para sua assinatura.”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *