“Muito irritados e indignados com a atuação”; Torcida ‘esquece’ Yuri Alberto e aponta vilão em derrota do Flamengo

"Muito irritados e indignados com a atuação"; Torcida 'esquece' Yuri Alberto e aponta vilão em derrota do Flamengo

Flamengo

Nas redes sociais, várias mensagens foram vistas após os 90 minutos, com reclamações sobre a vitória do Corinthians

Foto: Ettore Chiereguini/AGIF - Yuri Alberto fez o gol que decretou a derrota ao Flamengo.
Foto: Ettore Chiereguini/AGIF – Yuri Alberto fez o gol que decretou a derrota ao Flamengo.

O Flamengo entrou em campo na última quarta-feira (2), em mais um jogo diante do Corinthians, que tem sido um rival frequente nesta temporada, seja no Brasileirão, Copa do Brasil ou Libertadores. A equipe comandada por Dorival Júnior, no entanto, diferentemente das competições mata-mata, acabou sendo derrotada por 2 a 1, jogando com um time alternativo.

 

 

Depois de ter saído atrás do placar sofrendo gol de Du Queiroz no primeiro tempo, o Mais Querido voltou com tudo na segunda etapa, aproveitando a entrada de Everton Ribeiro e igualando o marcador com uma linda jogada de Everton Cebolinha, que lançou para Matheus França encobrir Cássio e levar os mais de 60 mil torcedores à loucura. 

 

 

No entanto, uma situação que ocorreu minutos depois deixou os flamenguistas muito irritados e indignados com a atuação da arbitragem: após um lançamento rasteiro dentro da área, o jovem camisa 42 conseguiu finalizar de letra, mas a bola bateu no braço de Balbuena, impedindo que trouxesse perigo ao gol corinthiano.

 

 

Porém, mesmo após o Rubro-Negro jogar a bola para fora de propósito, justamente para que o VAR pudesse analisar o lance no vídeo, a decisão foi tomada e o jogo seguiu normalmente, sem que a penalidade fosse marcada. Nas redes sociais, a Nação ficou revoltada, até mesmo “usando” o lance em Léo Pereira como exemplo, cobrando que a torcida do Corinthians se manifestasse.

 

 

Na Central do Apito, Sandro Meira Ricci opinou e disse que os árbitros acertaram no lance, cravando que o braço não foi intencional e que a partida deveria realmente seguir. De qualquer forma, nem o gol marcado por Yuri Alberto, que colocou os paulistas em vantagem no placar, acabou trazendo tantas críticas quanto essa polêmica.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *