Números podem favorecer o Vasco na última rodada da Série B; entenda

Números podem favorecer o Vasco na última rodada da Série B; entenda

A uma rodada do final da Série B do Campeonato Brasileiro, Cruzeiro e Grêmio já estão garantidos na elite de 2023, enquanto Bahia, Vasco, Ituano e Sport brigam pelo terceiro e quarto lugares. No entanto, em apenas três das 16 edições da Segundona com pontos corridos um time que estava fora da zona de classificação confirmou o acesso ao final da 38ª rodada. Isso aconteceu nos anos de 2014, 2018 e 2019.

Se os números favorecem quem está no G-4 – neste caso, Bahia e Vasco -, um confronto direto pode mudar o roteiro deste campeonato. Quarto colocado com 59 pontos, o Gigante da Colina pode ser ultrapassado pelo Ituano, 5º com 57, se perder o jogo do próximo domingo, programado para as 18h30 (de Brasília), no Estádio Novelli Júnior, em Itu-SP.

Foto: Arte/ge

Terceiro colocado com 59 pontos, o Bahia precisa apenas de um empate diante do CRB, também no domingo, em Maceió, para se classificar. Já o Sport, que está na sexta posição com 56 pontos, tem que vencer o Vila Nova, no mesmo dia, no Estádio OBA, em Goiânia, e tirar uma diferença de sete gols de vantagem para o time baiano.

Vale destacar que, em caso de derrota para o Ituano, o Vasco pode continuar no G-4 se o Bahia perder seu jogo por dois gols a mais que o clube carioca. Por exemplo, se o revés do Cruz-Maltino for por 1 a 0, e o do time baiano for por 3 a 0.

Chance de acesso para a Série A*:

  • Cruzeiro – 100%
  • Grêmio – 100%
  • Bahia – 97.6%
  • Vasco – 52.8
  • Ituano – 49.6
  • Sport – 0.046

Confrontos dos times na briga pelo G-4

  • CRB x Bahia
  • Ituano x Vasco
  • Vila Nova x Sport

Avaí, CSA e Atlético-GO subiram na última rodada

O Avaí foi o primeiro clube da era dos pontos corridos na Série B a entrar no G-4 na última rodada. Em 2014, na 37ª rodada, o clube catarinense ocupava o sexto lugar, com 59 pontos, mesma pontuação do Boa Esporte, que tinha um triunfo a mais. Na rodada final, o Leão da Ilha derrotou o Vasco, por 1 a 0, e garantiu o acesso no quarto lugar, com 62 pontos, após revés do Boa para o Icasa, por 3 a 2, e do Atlético-GO, que era o quito colocado, para o Santa Cruz, por 3 a 2. Na ocasião, Joinville, Ponte Preta e Vasco também subiram.

Em 2018, foi a vez do CSA ficar com a vaga da Ponte Preta e subir para a Série A. Na 37ª rodada, o clube alagoano estava na quinta posição com 59 pontos, mesma pontuação da Ponte Preta, quarta colocada, mas com saldo de gols superior. Na rodada final, o CSA goleou o Juventude por 4 a 0 e subiu ao lado de Fortaleza, Avaí e Goiás. A Ponte ficou no 0 a 0 com o Avaí e terminou na quinta posição.

No ano seguinte, em 2019, o Atlético-GO ficou com a última vaga para a Primeira Divisão. Na 37ª rodada, o Dragão era o quinto colocado com 61 pontos, mesma pontuação do América-MG, que tinha duas vitórias a mais. Na rodada final, porém, o Atlético empatou em 0 a 0 com o Sport, enquanto o Coelho perdeu para o São Bento, por 2 a 1. Na ocasião, também subiram Bragantino, Sport e Coritiba.

Julgamento adiado

Antes da conclusão da última rodada da Série B, no entanto, um julgamento tem chamado atenção. Nesta quinta-feira, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) iria julgar o Sport pelos incidentes ocorridos na partida contra o Vasco, pela 35ª rodada. Alguns torcedores do time pernambucano invadiram o gramado da Ilha do Retiro após o gol de empate da equipe carioca, marcado já nos acréscimos do duelo; o jogo não foi retomado após a invasão.

Na última quarta-feira, no entanto, o julgamento foi adiado, após decisão da auditora relatora da 4ª Comissão Disciplinar do STJD, Adriene Hassen. A nova data ainda não está definida. Com isso, Sport e Vasco permanecem com a mesma pontuação até a conclusão da rodada.

No julgamento, o Rubro-Negro pode perder o ponto somado na partida, e o Cruz-Maltino garantir mais dois pontos. Se isso acontecesse nesta quinta, o time pernambucano não teria mais chance de acesso, o Gigante da Colina já estaria garantido na Série A e só restaria uma vaga na elite, para Bahia ou Ituano.

Foto: Paulo Paiva/AGIF

O departamento jurídico do Sport chegou a dar entrada com um recurso no STJD para que o julgamento fosse adiado. A possiblidade deixou o Vasco preocupado. Agora, com a confirmação do adiamento, os quatro clubes que brigam por duas vagas na elite poderão focar na disputa dentro de campo, neste domingo.

*Números do Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *