Kyrie Irving é suspenso pelo Brooklyn Nets após polêmica com filme antisemita: ‘Comportamento perturbador’

Kyrie Irving é suspenso pelo Brooklyn Nets após polêmica com filme antisemita: 'Comportamento perturbador'

Kyrie Irving, armador do Brooklyn Nets, foi suspenso por mínimo cinco partidas após polêmica com filme antisemita


Kyrie Irving, armador do Brooklyn Nets, foi suspenso por, no mínimo, cinco partidas pela franquia nesta quinta-feira (3). A decisão se dá por conta da polêmica que o camisa 11 se envolveu nos últimos dias.

No dia 29 de outubro, Kyrie Irving foi ao Twitter para indicar um filme, Hebrews to Negroes, que é conhecido por ser antisemita. A atitude do armador gerou bastante represália da comunidade judaica e o atleta foi perguntado diversas vezes sobre a questão e, em todas, falhou na hora de deixar claro que não era antisemita.

Nesta quinta-feira, ele foi perguntado outra vez em entrevista coletiva sobre o assunto e não esclareceu as coisas. Diante da situação, os Nets decidiram agir e soltaram um comunicado suspendendo o atleta.

“Nos últimos dias fizemos repetidas tentativas de trabalhar com Kyrie Irving para tentá-lo fazer entender o perigo e a dor que suas palavras e ações trouxeram, começando com ele promovendo um filme que tem muito conteúdo antisemita. Acreditávamos que o camihnho da eduçação nesta difícil situação seria o correto e pensamos ter feito progresso em nossa luta coletiva de acabar com o ódio e a intolerância”, diz a nota oficial.

“Ficamos bastante consternados hoje, quando ele recebeu uma oportunidade em uma coletiva, que Kyrie se recusou a dizer inequivocadamente que ele não tem crenças antisemitas, e nem reconhecer nenhum material de ódio no filme. Essa não foi a primeira vez que ele teve a chance de esclarecer as coisas e falhou. Tamanha falha de rejeitar o antisemitismo quando teve a oportunidade é um comportamento perturbador, contra os nossos valores”.

De acordo com Tim Bontemps, da ESPN, a suspensão será de, no mínimo, cinco jogos e pode aumentar caso o armador siga com o mesmo comportamento.

Confira o comunicado oficial dos Nets na íntegra:

Nos últimos dias fizemos repetidas tentativas de trabalhar com Kyrie Irving para tentá-lo fazer entender o perigo e a dor que suas palavras e ações trouxeram, começando com ele promovendo um filme que tem muito conteúdo antisemita. Acreditávamos que o camihnho da eduçação nesta difícil situação seria o correto e pensamos ter feito progresso em nossa luta coletiva de acabar com o ódio e a intolerância.

Ficamos bastante consternados hoje, quando ele recebeu uma oportunidade em uma coletiva, que Kyrie se recusou a dizer inequivocadamente que ele não tem crenças antisemitas, e nem reconhecer nenhum material de ódio no filme. Essa não foi a primeira vez que ele teve a chance de esclarecer as coisas e falhou.

Tamanha falha de rejeitar o antisemitismo quando teve a oportunidade é um comportamento perturbador, contra os nossos valores, além de uma conduta detrimental ao time. Desta maneira, temos a visão de que ele atualmente não deve ser associado ao Brooklyn Nets. Decidimos que ele vai servir uma suspensão sem receber salário até ele satisfazer uma série de medidas objetivas para reparar seu comportamento e falar sobre o impacto doloroso de sua conduta. A suspensão será de cinco jogos, no mínimo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *