171, GTA brasileiro, é Top 3 no Steam em meio a acusações; entenda o caso | Jogos de ação

171, GTA brasileiro, é Top 3 no Steam em meio a acusações; entenda o caso | Jogos de ação

GET FREE FOLOWERS TIKTOK

GET FREE INSTAGRAM TIKTOK

171, game brasileiro inspirado pela franquia Grand Theft Auto (GTA), chegou à 3ª posição do Top 100 do Steam, que lista os jogos mais vendidos da semana no Brasil. O esperado título da produtora Betagames Group teve sua versão alfa liberada em acesso antecipado no dia 17 de novembro, e, com isso, só ficou atrás do recém-lançado Call of Duty: Modern Warfare 2 e do Counter Strike: Global Offensive (CS:GO) no ranking da loja digital. Contudo, o estúdio do jogo tem se envolvido em polêmicas após receber críticas de desenvolvedores e ser acusado de fraude e desvio de dinheiro. Confira, a seguir, mais detalhes sobre o caso.

🎮 Tudo sobre 171, o ‘GTA brasileiro’ para PS4, Xbox One, Series X/S e Switch

171, jogo de mundo aberto brasileiro inspirado em GTA, chega ao Top 3 da loja digital Steam no Brasil envolto em polêmica — Foto: Reprodução/Steam

👉 Qual seu personagem favorito de GTA 5? Comente no Fórum do TechTudo

O projeto de 171 já está em desenvolvimento há aproximadamente 10 anos, mas tomou forma mais definitiva a partir de 2015, por meio da Unreal Engine 4. Desde então, a empresa já realizou diversas campanhas de financiamento coletivo, como em 2019 e 2020, quando arrecadou R$ 68.839 e R$ 195.208, respectivamente, para o desenvolvimento da versão alfa. Atualmente, essa edição mais “inicial” está à venda na Steam em acesso antecipado, a partir de R$ 53,99.

No entanto, alguns desenvolvedores do título têm feito posts críticos em redes sociais e sites próprios afirmando que a equipe de produção não foi transparente com os gastos da campanha de financiamento. Em um deles, o desenvolvedor Junior_Djjr, do site MixMods, explica que muitos dos conteúdos do jogo se tratam de “assets” comprados — ou seja, recursos pré-prontos criados por terceiros, como gráficos e mecânicas de jogabilidade, vendidos em lojas como a Unreal Engine Marketplace e Unity Asset Store.

O desenvolvedor não critica o uso dos assets, mas afirma que eles são muito baratos em relação ao dinheiro arrecadado para implementá-los no jogo. Por exemplo, de acordo com ele, o sistema de carros “FGear” custa US$ 100 (em torno de R$ 533), os personagens são geridos pelo World Director NPC, de R$ 550, e a mobilidade do protagonista funciona a partir do Advanced Locomotion, um sistema que é gratuito.

Nesse sentido, a postagem critica especialmente o “sistema de dia e noite” implementado pela equipe do jogo. Se trata de uma meta estendida ao atingir R$ 85 mil no financiamento, que usa um item de US$ 39 (por volta de R$ 207), o Ultra Dynamic Sky. Ele afirma ainda que a soma dos principais assets seria menos de R$ 3 mil e que o jogo é um “asset flip”, nome que se dá a projetos de baixa qualidade que apenas mudam levemente recursos pré-prontos.

Alguns desenvolvedores afirmam que 171 deve a maior parte de seu conteúdo a assets pré-prontos e que teria faltado transparência no financiamento coletivo — Foto: Reprodução/Steam

Frente às acusações, a Betagames Group se pronunciou nesta última terça (22) através de uma postagem em suas redes sociais. Nela, a produtora rebate as acusações e afirma que os assets não compõem 20% do que o game é hoje. O comunicado ainda diz que “acreditar ser possível desviar dinheiro de um budget líquido aproximado de R$ 164 mil em um projeto de sandbox, como o Alpha de 171 (…) é não levar a sério quem tira seu sustento dessa indústria e desvalorizar seus profissionais”.

Atualmente, para jogar 171 usuários precisam adquirir a versão alfa em acesso antecipado no Steam, que tem tido bastante sucesso desde o seu lançamento. Nesa opção de jogo, embora não exista um modo campanha, é possível explorar o mundo aberto, realizar certas atividades para ganhar dinheiro e gastar os ganhos com roupas e personalização de carros. É estimado que o jogo completo seja lançado no início de 2024 para PC, e há planos para versões nos consoles como PlayStation 5 (PS5), PlayStation 4 (PS4), Xbox Series X/S, Xbox One e Nintendo Switch.

Com informações de Betagames Group, MixMods, Steam (1 e 2)



GET FREE FOLOWERS TIKTOK

GET FREE INSTAGRAM TIKTOK

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *