Tartaruga do tamanho de rinoceronte é achada na Espanha

Levianthanochelys aenigmatica é um gênero extinto de tartaruga gigante que viveu há cerca de 70 milhões de anos.

GET FREE FOLOWERS TIKTOK

GET FREE INSTAGRAM TIKTOK

Um artigo publicado na revista científica Scientific Reports revelou uma nova espécie de tartaruga marinha descoberta na Espanha. A espécie se trata de um animal que viveu mais de 72,1 milhões de anos atrás. Os fósseis do animal foram escavados por arqueólogos entre 2016 e 2021 e sugerem que a tartaruga poderia aproximadamente 3,47 metros de comprimento.

A nova espécie têm sido chamadas pelos pesquisadores de Leviathanochelys aenigmatica e representam um novo grupo desses animais.

 

Reconstrução do fóssil Levianthanochelys aenigmatica, tartaruga marinha encontrada em rochas da região dos Pirineus, na Espanha. | Reprodução/ CRA_Arts

  

Esses animais do gênero circundavam os mares norte-americanos e atingiam 4,6 metros do focinho até o rabo. Mesmo os achados na Europa não sendo os maiores já encontrados no mundo, a espécie descoberta lá é a maior já encontrada no continente, que até então não passavam de 1,5 metros. O animal marinho é considerada a maior já encontrado no mundo. 

Até o momento, pensava-se que as maiores tartarugas marinhas que já navegaram nos oceanos, como os protostegídeos Archelon e Protostega, estavam restritas à América do Norte durante o último Cretáceo (Campaniano-Maastrichtiano)”, escreveram os autores do artigo científico.

Localidade Cal Torrades, próximo aos municípios de Pera-Rua e Valldarques, na região da Catalunha, Espanha, onde foram encontrados os restos fósseis da tartaruga.
Localidade Cal Torrades, próximo aos municípios de Pera-Rua e Valldarques, na região da Catalunha, Espanha, onde foram encontrados os restos fósseis da tartaruga. | Divulgação/ Àngel Galobart

  

Os vestígios do animal foram encontrados no nordeste espanhol, em Cal Torrades e são uma pelve fragmentada e partes da carapaça.  

De acordo com os pesquisadores, sua bacia pélvica da Leviathanochelys aenigmatica é diferenciada. Protuberância que se projetam na pélvis, fazem com que ela seja diferente de qualquer outra espécie já encontrada. Acredita-se que a saliência podem estar relacionadas ao sistema respiratório do animal.

 

Fóssil da tartaruga gigante encontrada na Espanha
Fóssil da tartaruga gigante encontrada na Espanha | Reprodução

  

Segundo os arqueólogos, os fósseis descobertos indicam que as tartarugas gigantes da Europa e da América do Norte evoluíram essas características a partir de linhagens que podem estar ligados às condições únicas encontradas nos mares europeus da época.

 

Restos do fóssil Levianthanochelys aenigmatica em rocha sedimentar
Restos do fóssil Levianthanochelys aenigmatica em rocha sedimentar | Divulgação/ Àngel Galobart

 



GET FREE FOLOWERS TIKTOK

GET FREE INSTAGRAM TIKTOK

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *