Xbox Series S: veja 3 motivos para comprar (e outros 3 para não comprar) | Xbox

Xbox, PS5 ou Nintendo Switch: qual console comprar na Black Friday 2022? | Black Friday

GET FREE FOLOWERS TIKTOK

GET FREE INSTAGRAM TIKTOK

O Xbox Series S foi lançado ao lado do Xbox Series X como a opção “de entrada” da nova geração de consoles da Microsoft. Com configurações e especificações diferentes, o modelo atrai a atenção dos jogadores por seu custo-benefício. Atualmente, o preço recomendado para o console é R$ 2.649 mas, constantemente, ele é visto em promoções abaixo dos R$ 2 mil, metade do que custa um Series X ou mesmo um PlayStation 5 (PS5), sobretudo às vésperas da Black Friday 2022.

Contudo, para que seja vendido nessa faixa de preço, é natural que ele não seja tão poderoso quanto o Xbox Series X. Por isso, essa versão pode afastar gamers mais exigentes e sedentos em ter uma experiência de nova geração com a melhor qualidade possível. É nesse momento que surgem as dúvidas a respeito de qual dos dois comprar. Pensando nisso, o TechTudo separou a seguir três pontos positivos e três negativos a respeito do Xbox Series S. Confira:

Confira 3 pontos positivos e 3 negativos do Xbox Series S — Foto: Microsoft/Reprodução

👉 PC Gamer ou Xbox Series: qual é melhor? Veja no Fórum do TechTudo

1. Menor preço da nova geração

O Xbox Series S tem melhor custo-benefício dessa geração, o que é o principal trunfo para atrair os consumidores. É possível encontrá-lo em lojas como a Amazon, por exemplo, saindo a cerca de R$ 2 mil. Quando levamos em conta o Xbox Series X, esse valor sobe para R$ 4 mil e se torna pouco atraente para aqueles que não desejam gastar tanto com um novo console. Em relação ao Playstation 5 (PS5), sua versão completa é encontrada por quase R$ 5 mil, enquanto a versão digital pode ser vista por R$ 4,3 mil.

É interessante também comparar com o Nintendo Switch, console lançado em 2017 e que custa quase que o mesmo preço do Xbox Series S hoje em dia. Há ainda a versão Nintendo Switch Lite, com preço que cai para cerca de R$ 1,6 mil, além da OLED, que sobe para um valor em torno de R$ 2,6 mil.

Tamanho menor do Xbox Series S causa menos estresse no momento da jogatina ou de simplesmente guardá-lo — Foto: Reprodução/Microsoft

Basta observar as fotos de um Xbox Series X e de um Playstation 5 (PS5) para ter noção do tamanho de ambos os consoles. O videogame da Microsoft chega com seu formato retangular, dimensões de 15,1 cm x 15,1 cm x 30,1 cm (L x A x P) e pesando 4,4 kg. Já a Sony lançou o PlayStation 5 com dimensões de 39 cm x 10,4 cm x 26 cm e com o peso de 4,5 kg.

O Xbox Series S, por outro lado, é pequeno quando comparado à dupla, com dimensões de 15,1 cm x 6,5 cm x 27,5 cm e pesando somente 1,93 kg, características que o fazem não ocupar tanto espaço quando os outros consoles.

3. Tem os mesmos games que o Xbox Series X

Xbox Series X e Xbox Series S possuem os mesmos jogos lançados, como Far Cry 6 — Foto: Reprodução/Xbox Store

O preço do Xbox Series X poderia concedê-lo a vantagem de ter jogos exclusivos em relação ao seu irmão menor. Porém, isso não acontece entre os videogames da Microsoft. O Xbox Series S conta com os mesmos jogos lançados para o modelo mais potente e os roda quase tão bem quanto. Além disso, os detentores do console também não precisam se preocupar com os lançamentos futuros, já que eles estarão disponíveis digitalmente para as duas versões. Em outras palavras, não existe um porte específico para o X ou o S – os games otimizados para a atual geração vão rodar em ambos os consoles.

Além disso, vale ressaltar que os dois consoles têm acesso ao Xbox Game Pass, o serviço de assinatura da marca que funciona como um dos principais atrativos para qualquer pessoa que deseje comprar um desses consoles. Uma vez assinado, o serviço oferece acesso a uma ampla biblioteca de títulos que podem ser baixados e jogados de forma gratuita – alguns deles, inclusive, no dia de lançamento.

1. É o console menos potente da nova geração

Xbox Series X roda os jogos em 4k, enquanto o Series S está limitado ao 1440p — Foto: Reprodução/Microsoft Store

Os jogadores que desejam ver seus jogos na melhor qualidade possível podem se decepcionar com o Xbox Series S. Sua configurações são inferiores às do Xbox Series X, com destaque para a limitação na resolução de 1440p, ou seja, 2K. Para aqueles que querem jogar os games em 4K, a melhor opção seria guardar o dinheiro para comprar a versão mais cara do console da Microsoft. Contudo, apesar da diferença na resolução, ambos os consoles rodam os jogos com taxas de quadros que chegam aos 120 fps.

2. Espaço de armazenamento limitado

Um dos principais pontos negativos do Series S é seu espaço de armazenamento — Foto: Reprodução/Xbox

Provavelmente, a capacidade de armazenamento do Xbox Series S é um dos pontos negativos que mais chama atenção. O console conta com somente 364 GB de armazenamento utilizável. Levando em consideração que o console aceita somente jogos digitais, esse espaço pode ser insuficiente e obrigar o usuário a desinstalar games constantemente. Em uma época em que os jogos passam facilmente dos 100 GB, essa pode ser uma baita dor de cabeça.

Realizar a expansão de armazenamento até é possível, mas vale ressaltar que não é nada barato. A Microsoft disponibiliza SSDs externos para inserir no console, mas, no Brasil, eles podem sair mais caros que o videogame em si.

3. Não aceita mídia física

Xbox Series X pode rodar uma boa variedade de discos de jogos clássicos dos consoles da Microsoft, enquanto o Series S se limita ao formato digital — Foto: Divulgação/Steam

Como mencionado anteriormente, o Xbox Series S não tem leitor de discos e, por isso, não tem suporte a mídia física. Embora os jogadores venham aderindo cada vez mais aos jogos digitais, ainda há aqueles que gostam de ter os jogos físicos para colecionar.

Nesse caso, especificamente, também é preciso considerar a retrocompatibilidade com os consoles anteriores. Apesar dos dois videogames rodarem títulos do Xbox clássico, Xbox 360 e Xbox One, o Xbox Series S se limita a jogos lançados digitalmente. Para quem já teve um console de Microsoft e quer jogar as mídias físicas compradas para ele, esse pode ser um problema.

Isso sem mencionar o fato de que há títulos, como Forza Motorsport 7, que foram retirados da loja digital da Microsoft. Nesse caso, o jogo só pode ser acesso com o CD e, consequentemente, não vai poder ser aproveitado no Xbox Series S.

Com informações de Forbes, MUO (1 e 2) e TechSpot

Veja também: Xbox, PS5 ou Nintendo Switch? Qual console comprar na Black Friday

Xbox, PS5 ou Nintendo Switch: qual console comprar na Black Friday 2022?

GET FREE FOLOWERS TIKTOK

GET FREE INSTAGRAM TIKTOK

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *